Contents Previous Next

Monitoração de processos e daemons

O plugin mtmon_daemon.pl valida a execução de processos.

No UNIX é usado o comando ps -ef para listar os processos ativos e no Windows o comando é tasklist.

A monitoração consiste em contabilizar o número de processos que atendem aos critérios definidos no arquivo de configuração.

Os itens para monitoração são definidos no arquivo MTMON/etc/mtmon_daemon.conf :

[smbd]
  ppid=1
  padrao=smbd
  total=1 >= 
  Severidade=2
  notifica=samba

[smbd_pid]
  ppid=1
  padrao=smbd
  total=5 <= 
  Severidade=2
  notifica=samba_pid1

[cron]
  ppid=1
  padrao=cron
  total=1 >=
  Severidade=2
  notifica=unix

[lpsched]
   padrao=lpsched
   ppid=1
   severidade=2
   total=1 >=
   Notifica=lpsched

O padrão de busca será usado pelo plugin para identificar os processos monitorados.

Nas sessões smbd e smbd_pid no exemplo acima, devem existir de 1 à 5 processos com o comando smbd, com PPID=1 em execução. Este caso particular identifica quando o samba é finalizado ou termina de forma anormal, deixando os processos filho do daemon sem 'pai'.

A opção PPID=1 é usado para identificar daemons, uma vez que os processos filhos do daemon possuem PPID=pid do daamon.

As sessões cron e lpsched esperam encontrar mais de 1 processo com o comando correspondente.

A chamada do plugin pode ser feita no arquivo MTMON/etc/mtmon_cron.conf :

[mon_daemon]
    Aplicacao=mon_daemon
    Ativo=1
    Comando=mtmon_daemon.pl
    Intervalo=* */5


Contents Previous Next